16 dezembro 2006

O VELHO CINEMA

Ainda me lembro quando havia pequenos documentários antes dos filmes.
Ainda me lembro quando não havia telemóveis a interromper as sessões.
Ainda me lembro quando havia cinemas fora dos grandes centros comerciais.
E ainda me lembro, também, do tempo em que se ia ao cinema para desfrutar do prazer de ver um bom filme e não para beber colas e comer pipocas.
E para vocês, cinema com ou sem pipocas?
Respondam ao inquérito aqui ao lado.

4 comentários:

Ursdens disse...

Depende do cinema... Acho que há filmes em que a pipoca não estraga nada, porque não há nada para estragar...

Agora se o filme for mais intimista, mais denso, mais filme, enfim, se valer alguma coisa... seria o mesmo que assistir a um concerto de Wim Mertens ou Yann Tiersen com milhares de pessoas a falar em altos berros... Mas se fossem uns putos com a mania que eram mauzões e faziam muito barulho, se calhar o falatório já não incomodaria...

Há casos e casos... gostos e gostos...

Roberto Queiroz disse...

Continuando o seu raciocínio:
Ainda me lembro do tempo que o cinema tinha laterninha.
ainda me lembro de quando os filmes de ação eram mais ação e os atores não usavam aquele cabo preso nas costas.
Ainda me lembro de quando as divas não usavam silicone (salvo algumas exceções).
Ainda me lembro do homem que vendia balas na porta do cinema de minha infância (S.r Admaastor).
Quanta coisa eu ainda lembro!

P.S: e hoje? o que sobrou? filmes cheios de efeitos visuais, divas artificiais (do tipo Angelina Jolie), realidade virtual e orçamentos milionários que custam a se pagar. Esse é o cinema contemporâneo. Abraços do crítico da caverna.

papagueno disse...

caro amigo Ursdens estou inclinado a concordar contigo, realmente há filmes em que as pipocas não estragam nada. Fiz este post porque na semana passada, durante o Casino Royale tive que mudar de lugar poi´s só se ouvia "crunch, crunch".

vareira disse...

Cinema sempre sem pipocas...
Aqui, perto do mar ainda existe um sítio em que se vê um filme com intervalo para se fumar um cigarrito!Maravilha!