04 outubro 2007

FADOS



Carlos Saura encerra, com o filme “FADOS”, uma trilogia dedicada às três formas de expressão musical urbanas do século XX.
Depois de “Flamenco” e “Tango” – este último, candidato ao Óscar da Academia de Hollywood de Melhor Filme Estrangeiro, em 1998 –, Carlos Saura recolhe, agora, a mais pura expressão do povo português, dando-a a conhecer a todo o mundo, como cartão de visita da nossa identidade cultural, sob a forma mais mediática: o cinema.
Um realizador conceituado e universal que segue a estrutura narrativa e estética de “Sevilhanas”, “Flamenco”, “Salomé” e “Ibéria”, mas que vai um pouco mais além na conjugação da fotografia e coreografia com os diferentes géneros musicais.

Este é um filme realizado em estúdio, como os anteriores, em que a sucessão de quadros musicais é orientada, tanto pela cronologia evolutiva da canção lusitana, como pelas opções estéticas de Carlos Saura, em cada momento. O recurso a projecções e retro projecções reais, de fotografias e filmes, em cenários minimalistas compostos por espelhos e painéis, fazem esta ponte entre dois universos: o real e o intangível.
É, assim, criado um espaço cénico elástico, de acordo com as circunstâncias de cada actuação, perfazendo a continuidade de uma actuação para outra, sempre que necessário.

“FADOS” vai buscar as suas origens brasileiras, (Lunduns e Capoeiras) coreografadas para o efeito, e lança as inevitáveis pontes com África e Brasil, pela voz de consagrados cantores, como Lura, Caetano Veloso e Chico Buarque. As recentes experiências de diálogo entre o Flamenco e o Fado são também ouvidas, pela voz de Miguel Poveda e Mariza e a dança de Aida Gómez.

Entre os mais destacados fadistas portugueses, participam no filme Carlos do Carmo, Mariza, Camané e Argentina Santos, mas também, as mais novas promessas nacionais que carregam e reinventam a tradição: Ricardo Ribeiro, Ana Sofia Varela, Carminho, Cuca Roseta, entre outros.

“FADOS” e não apenas um Fado que reavive, desta forma, o nosso passado de miscigenação cultural que deve ser um exemplo para o futuro.


Realização: Carlos Saura
Com: Carlos do Carmo, Mariza, Camané, Argentina Santos, Lura, Caetano Veloso, Chico Buarque, Miguel Poveda, Ribeiro, Ana Sofia Varela, Carminho, Cuca Roseta
Portugal/Espanha, 2007
Estreia: 4 de Outubro de 2007

2 comentários:

Anónimo disse...

La bellisima Sofia Alves va a rodar en Santander "Has cambiado mi vida", junto al actor gallego Jose Angel Egido (Entre otras, GAL, 2006)

Géssica Valentini disse...

Olá!!!

adorei o blog. Tens um talento especial com as palavras, além de uma coerência incrível com a sétima arte!

Estou montando um blog sobre cinema também. Gostaria muito que vistasse e me ajudasse a melhorar. www.cinemando.blogspot.com

Abraço